WEBINAR ESPECIAL: O MUNDO DO DOCE DE LEITE

Junto a empresa San Ignacio, a Escola de Culinária Mausi Sebess e a Universidade de Belgrano, organizamos uma aula especial para você aprender tudo o que sempre quis saber sobre o doce mais popular conhecido na América Latina

Na quinta-feira, 3 de dezembro, às 10h30, teremos um webinar sobre o Mundo do Doce de Leite.

A Bacharel em Biotecnologia, Verónica Fontana, e atualmente responsável pelo controle de qualidade do doce de leite San Ignacio, falará sobre a história do doce de leite, o marco regulatório, tipos de doce de leite, usos e processos de produção.

Teremos também a honra de contar com a presença do Licenciado Alejandro Bertin, dono da empresa San Ignacio, que nos contará como a empresa cresceu nos últimos anos, tornando-se uma das maiores exportadoras de Doce de Leite argentino para o mundo.

A aula é aberta e gratuita para todos os interessados.

Para se cadastrar você deve clicar no link abaixo:

https://us02web.zoom.us/webinar/register/8816062356187/WN_MYsuOEqGTT-BJ3gn3hGELQ

Esperamos vocês!


SOBRE SAN IGNACIO

Produtora de doce de leite, cream cheese e queijo azul para abastecer os principais varejistas do país, a SAN IGNACIO está presente em mais de 20 países da América, Europa, Ásia e Oceania com seus diferentes produtos: doce de leite tradicional, confeiteiro e com chocolate.

A história da SAN IGNACIO, a primeira, e hoje a principal exportadora de doce de leite na Argentina e no mundo, começou em 1939 em Rosário, Santa Fé, quando Dom Ignacio Rodríguez Soto decidiu embarcar na aventura da produção de leite.

2019 foi um ano especial para a empresa, ao atingir os primeiros 80 anos de vida.

Por convicção e paixão de Dom Ignacio, o crescimento da empresa foi sustentado ao longo do tempo e aos poucos os produtos foram sendo distribuídos por todo o país.

Em 1978 a SAN IGNACIO trouxe seus produtos para o mundo, mais precisamente para a Alemanha. Este fato marcou um antes e um depois para a empresa, tornando-a uma das primeiras empresas a obter a certificação para exportar para a União Europeia.
Mais longe. desde 2013 possui o BRC Standard, padrão estabelecido pelo British Retail Consortium para garantir boas práticas de produção. Funciona no Codex Alimentarius e requer o desenvolvimento de um programa de Análise de Risco e Controlo Crítico (HACCP).
Na Argentina, apenas 70 empresas possuem certificados BRC, o que garante o compromisso de oferecer aos consumidores o mais alto nível de proteção.
MAIS INFORMAÇÃO:
www.sanignacio.com.ar | Redes sociais: Facebook e Instagram

Artigos relacionados

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Política de privacidade and Terms of Service apply.